Isenção de visto faz aumentar número de turistas estrangeiros
16 de outubro de 2019
Maíni Moreno - harpa 12
Apresentações da Orquestra Sinfônica do ES
18 de outubro de 2019

Espetáculo de dança Contemporânea ‘Cyber’

Entre os dias 21 a 24 de outubro, a Galeria de Arte Matias Brotas vai receber o espetáculo de dança contemporânea “Cyber”. Em uma relação entre corpo e tecnologia com dois artistas em cena, Maicom Souza e Gabriela Moriondo, a poética do espetáculo se desdobra numa pesquisa que tem como ponto de partida as provocações e reflexões da filosofa e escritora Donna Haraway em seu livro “Antropologia do ciborgue”.

O espetáculo foi selecionado no Edital Setorial de Dança (024/2018) da Secult e tem a entrada gratuita.

O trabalho apresenta o corpo do bailarino somado as premissas antropológicas de Haraway que, investiga a transformação do ato em quatro cenas de partituras coreográficas, através do uso de tecnologias que possibilitam os movimentos dos bailarinos desafiarem a gravidade.

A concepção de “Cyber” envolve a possibilidade de acoplar o corpo de diversas formas numa estrutura de aço. Apresentando novas ações sobre a dança ao lidar com o risco das acrobacias aéreas; ao evidenciar as nuances da imobilidade; e ao realçar o drama da possibilidade da queda. Em uma apresentação próxima ao público, procura problematizar a relação de possibilidade/dependência do humano com a máquina.

O espetáculo

Cyber é um trabalho de arte contemporânea disparado pela dança, proposto por Gabriela Moriondo. Reflete sobre um ser híbrido, humano-máquina, resultante das relações que caminham para uma nova cidadania dentro do contexto tecnocientífico, que expande fronteiras sobre diversas dimensões.

Gabriela Moriondo

Capixaba, formada em Dança Contemporânea na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (2014), Gabriela Moriondo se especializou em Estudos de Dança no Trinity Laban Conservatoire of Music and Dance (2016). A dançarina é qualificada em Performance de Dança Contemporânea (ATCL) pelo Trinity College London (2016); estudante de Artes Plásticas na Universidade Federal do Espírito Santo, e atua como bailarina, instrutora, coreógrafa e produtora cultural independente no Espírito Santo.

Fonte: Governo ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
14 + 2 =